Categories: F-1
Comments: 1 Comment
Published on: 28 de novembro de 2016

Com o encerramento da temporada 2016 da Fórmula 1, incluindo a grande final em Abu Dhabi, voltamos a atualizar esta estatística – meio deprimente, é verdade – mas que demonstra como alguns pilotos foram muito inconstantes ao longo de suas carreiras na maior categoria do automobilismo mundial.

Nosso Felipe Massa dispara de forma constante à frente desse pelotão, e já acumula uma vantagem de absurda de 41 GPs à frente do segundo colocado, o já aposentado David Coulthard. Esta marca deve agora ficar estabilizada por alguns anos, já que até o sexto colocado, Heikki Kovalainen, todos agora estão aposentados – embora Jenson Button não tenha explicitamente decidido se tira um “ano sabático” ou se aposenta definitivamente, pelo menos da Fórmula 1.

Kimi Raikkonen foi outro a galgar mais uma posição, ultrapassando a Pastor Maldonado pela sétima colocação. Fernando Alonso encostou na marca do venezuelano, e pode igualá-la já na abertura da temporada 2017, em Melbourne.

E lá no fundão, continua o franco avanço de Sebastian Vettel, mas que poderá zerar esta contagem, pelos avanços que a Ferrari obteve na segunda metade da temporada de 2016.

Vettel que atualmente ocupa a 15ª e última colocação, para efeitos apenas comparativos, se encontra bem distante do agora penúltimo, Robert Kubica. Mas a diferença entre os dois já caiu para 21 GPs, e essa diferença pode zerar ou aumentar, dependendo da temporada de 2017, quando uma grande série de alterações vão ser aplicadas aos carros da categoria.

——————————————————–

Veja na tabela abaixo, já devidamente atualizada, os Top 15 neste quesito – tão sem honra assim:

 

————————–

Atenção:

1. Obviamente o piloto para entrar nesta tabela têm que ter vencido pelo menos um GP. Senão Nico Hulkenberg – que já alcançou a marca dos 112 GPs disputados na F-1 – estaria muito “bem” colocado, quase alcançando a terceira posição da tabela;

2. A contagem acima sempre é feita entre as últimas duas vitórias de cada piloto, ou
entre a última vitória do piloto e o momento de sua saída da categoria ou, para os da ativa, entre a última vitória e o último GP disputado pela categoria, sempre se descontando os anos, temporadas ou GPs que ele tenha se ausentado da categoria.

Não deixe de ver também as estatísticas dos Mais Corridas sem Vitórias na F-1

Share this
1 Comment - Leave a comment
  1. [...] Veja também as estatísticas dos Maiores Jejuns de Vitórias na F-1 [...]

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Pesquisa Especial

Queremos saber sua opinião sobre o site SuperSpeedway. Para isso clique no link abaixo - é rápido, só 7 perguntas...

Pesquisa Especial - clique!

Drops de Notícias
Grupo PYPbr
Últimas Inclusões/Atualizações

Welcome , today is segunda-feira, 11 de dezembro de 2017