Rubinho: bebê chorão

Categories: Editor, Fórmula 1
Tags: No Tags
Comments: 3 Comments
Published on: 13 de julho de 2009

Novamente Rubens Barrichello deixa escapar uma grande oportunidade – é a pelo menos a segunda nesta temporada – para solapar alguns pontos da liderança de seu próprio companheiro de equipe Jenson Button. Mas ontem também perdeu até o lugar para a dupla da Red Bull. Agora Rubens é apenas o quarto colocado.

O problema: quando retornou de seu primeiro pit-stop, ficou – azaradamente – atrás de seu compatriota Felipe Massa, da Ferrari.

Só esse problema?: não, Barrichello nem tentou passar Massa, não sei se não quis arriscar com outro brasileiro, ou se – como o restante da prova mostrou – não tinha muita velocidade de pista mais, talvez até pelos problemas de aquecimento (falta de) nos pneus da Brawn.

E aí ele perdeu quase 20 segundos para Webber, que mesmo punido por um choque intencional, com o próprio Barrichello, logo na largada, imprimia – junto com seu companheiro Sebastian Vettel – um ritmo muito mais forte, que chegava a ser quase 1 segundo mais rápido por volta.

Consequência: perdeu suas posições na pista, terminando num modesto sexto lugar…

E no final?: bebê chorão, reclamou publicamente – e de forma muito dura; disse que nem queria conversar com sua equipe, porque a Brawn deu show de como perder corrida e queria evitar de ouvir apenas blablablá….

O chefe da Brawn GP depois declarou: Não se pode querer ganhar sendo apenas o 11º mais rápido da prova (isto é verdade!)

E depois veio Frank Williams e chutou o balde: Barrichello deveria receber “Cartão Vermelho” da F-1; isto é: deveria ser expluso da categoria, porque fala demais e age de menos.

Lição de toda a história: “Em boca fechada não entra jamanta”, ou ainda uma bem legal, que gosto muito: “Quem fala demais acaba dando bom-dia à cavalo”.

Rubens: corra, corra, corra – e fique um pouco mais de boca fechada, para não entrar mosquito…

Share this
3 Comments - Leave a comment
  1. Gabi disse:

    Rubinho depois se acalmou um pouquinho, disse que vai lutar (óbvio, senão já podia sair).
    Mas ontem parece que manteve suas reclamações. O cara não quer se ajudar mesmo, fica jogando para a galera. Que pena, poderia lutar pela taça de 2009, mas parece que não toma jeito, vive novamente a sindrome do segundo piloto.

  2. Leandro Julio disse:

    Eu acho que com relação aos erros da equipe, ele esta coberto de razão, para mim foi tudo errado, a estrategia principalmente, agora que ele fala demais, fala mesmo, e com relação a troca de posições no final, acho que foi mais que correta, afinal de contas o Button esta brigando pelo campeonato, e como a RBR esta chegando, cada ponto conquistado é importante e pontos perdidos podem fazer falta no final, ele tinha que ter brigado por isso no começo e não agora que o Button já ganhou varias corridas, se ele continuar falando assim, acredito que esse será o seu ultimo ano.

  3. Gabi disse:

    Quando alguém não luta, como Rubinho não brigou com Massa na prova, quando podia ultrapassá-lo e impedir sua grande queda na classificação, e é quase um segundo mais lento que todos que estão atrás de si, não dá mesmo para ganhar.
    Lute mais, brigue mais na pista, e fique mais caladinho.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Pesquisa Especial

Queremos saber sua opinião sobre o site SuperSpeedway. Para isso clique no link abaixo - é rápido, só 7 perguntas...

Pesquisa Especial - clique!

Drops de Notícias
Grupo PYPbr
Últimas Inclusões/Atualizações

Welcome , today is sábado, 16 de dezembro de 2017